22.5 C
Brasília

Cultura popular é destaque em escola de Ceilândia

Data:

Compartilhe:

Cordel e monumentos da cidade são pintados em muros com o objetivo de incentivar a comunidade a valorizar o local onde mora

O projeto A magia do cordel, desenvolvido pelo professor e escritor Raimundo Nonato Sobrinho em escolas de Ceilândia desde o ano passado, já atingiu mais de mil e setecentos alunos da rede pública de ensino fundamental e médio da região, local onde funciona a tradicional Casa do Cantador. Com suas oficinas itinerantes de literatura de cordel, levadas a mais de 20 escolas da cidade, o professor Raimundo é um dos que contribuem para que Ceilândia se consolide como polo de irradiação de cultura nordestina no DF. No início deste ano, o GDF validou essa tese ao sancionar a Lei nº 6.474 declarando a “satélite” como a Capital da Cultura Nordestina do Distrito Federal.

“A partir do contato com a poesia popular, em particular o cordel, os estudantes passam a conhecer um pouco mais da realidade do nosso povo, tendo como ferramentas a escuta, a leitura, a escrita e a declamação de cordéis”, afirma Raimundo Sobrinho, idealizador e coordenador do projeto aprovado e executado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo de Brasília. Ele lembra que, com a pandemia, as oficinas deste ano estão sendo feitas por meio online.

Na semana passada, a Escola Classe 15 de Ceilândia Sul grafitou um cordel de sua autoria no muro da quadra de esportes, resultado do projeto “Minha cidade, minha raiz” desenvolvido pela instituição com o objetivo de criar nas crianças o sentimento de pertencimento da cidade onde moram. “O projeto vem incentivar a criança e a comunidade no sentido de que valorizem o lugar onde vivem”, observa a diretora Mariângela de Oliveira, ao exemplificar que a escola pintou monumentos nos muros da quadra de esportes que representam a Ceilândia como a Casa do Cantador, a caixa d’água, a Kombi de São João do Cerrado e o cordel!

Raimundo Sobrinho tem o encanto do povo nordestino e fez de Ceilândia a sua inspiração

“Fiquei muito lisonjeado por ter o meu trabalho grafitado no muro da Escola Classe 15 de Ceilândia Sul, fruto dos projetos que realizo na cidade já alguns anos, culminando com essa caravana da magia do cordel pelas escolas públicas”, observa Raimundo Sobrinho lembrando que, nos últimos cinco anos, ele visitou mais de 50 escolas de Ceilândia, sempre levando o cordel por meio de seus livros, oficinas e palestras.

A Literatura de Cordel foi reconhecida pelo Iphan, em 19 setembro de 2018, como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro.

Raimundo Nonato Sobrinho nasceu em Chapada (Ceará), em 1973. Em 1992 mudou-se para Brasília já trazendo diversos cordéis de sua autoria. É autor de mais de cem cordéis, entre eles A morte do notebook, O jumento tenta comer o papagaio na seca do Nordeste, O livro e o celular, todos condensados em dois livros: Mostra a tua cara, Brasil, e Brasil alegre, Brasil Triste.

Contatos

9 9244-0889 (Raimundo Sobrinho)

9 9297-8742/3456-2049 (assessoria de imprensa)

publicidade
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado

Criminosos alegam transferência por engano e pedem devolução À medida que o Pix vai sendo cada vez mais utilizado para pagamento e transferência de dinheiro,...

Proteção legal para animais vítimas de maus-tratos no Distrito Federal

Publicado no DODF desta sexta-feira (19), texto proíbe o tratamento dos bichos como objetos e garante tutela jurisdicional em caso de violação de direitos O...

Park Sul tem seu templo regularizado por meio do Programa Igreja Legal

Governador Ibaneis Rocha entregou, na sexta-feira (19), à Mitra Arquidiocesana de Brasília o Contrato de Concessão de Uso Oneroso com Opção de Compra da...

Detran-DF realizará leilão de veículos nos dias 29, 30 e 31

Serão 873 veículos, sendo 388 destinados à circulação e 485 classificados como sucata O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) promoverá nos dias 29,...

Experiência HackaCity Guará 2024 com atividades para impulsionar o futuro da tecnologia na Escola Técnica

Prepare-se para uma experiência única e transformadora nos dias 20 e 21 de julho, a partir das 9h, no Guará. O evento HackaCity promete...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido