29.5 C
Brasília

Fim da picada no dedo para diabéticos gestantes e crianças

Data:

Compartilhe:

Os primeiros pacientes com diabetes tipo 1 começaram a receber, na sexta-feira (11), sensores para monitorar a glicose, com expectativa de que até 300 pessoas sejam beneficiadas nos próximos meses. A inovação substitui as picadas no dedo, o que dá mais qualidade de vida e conforto aos usuários. A tecnologia pioneira no Sistema Único de Saúde (SUS) começou a ser distribuída no Centro Especializado em Diabetes, Obesidade e Hipertensão (Cedoh), em atividade que contou com a presença do secretário de Saúde, Osnei Okumoto.

O gestor visitou as instalações da unidade e acompanhou a primeira paciente do Distrito Federal a receber o sensor. Foi a pequena Maria Heloísa, de quatro anos, que desde os seus sete meses precisa tomar insulina. Ela teve o dispositivo colocado no braço pela equipe de saúde do Cedoh, que no mesmo instante testou o equipamento.

Paciente do Cedoh há anos, o estudante Rafael Maciel agradeceu a equipe pela entrega dos sensores | Foto: Breno Esaki / Agência Brasília

O sensor é pequeno, descartável e à prova d’água. O aparelho fica constantemente no braço do paciente por 14 dias, preso por um adesivo. Por meio de um aparelho recarregável é feita a leitura para transmitir, a distância, os dados ao médico. Já na primeira hora de uso os pacientes podem checar a sua glicose.

Segundo a mãe da Maria Heloísa, Lidiane Blird, a nova tecnologia será um alento para sua filha. “Ela não gosta de medir a glicemia com a picada no dedo. Chora muito e pede até socorro. Com o sensor, vai ser muito melhor para ela. Daqui para frente, a medição da glicose vai ser muito mais fácil e tranquila”, comemora Lidiane.

Presente de Natal

Para a Referência Técnica Distrital (RTD) em Endocrinologia e Diabetes da Secretaria de Saúde, Eliziane Leite, a entrega dos aparelhos é uma espécie de “presente de Natal” aos pacientes e profissionais do setor, que aguardavam há três anos pela oportunidade de implementar essa tecnologia. Uma nota técnica já foi publicada pela pasta sobre o uso do aparelho.

“Em meio a todas as dificuldades da pandemia, podemos oferecer à população diabética uma forma de melhorar seu controle glicêmico e evitar que tenham uma complicação crônica. É oferecer uma forma de tratar a diabetes com muito mais segurança e garantia de resultado”, destaca Eliziane.

Mais funcionalidades

Além da glicemia do momento, o sistema também informa a tendência de glicose, demonstrada no leitor pelo sinal de uma seta. É capaz, ainda, de armazenar os dados glicêmicos dos últimos 90 dias. Os pacientes devem fazer, no mínimo, sete escaneamentos ao longo do dia, realizados de forma simples e prática.

“Essa tecnologia traz um conforto maior nas atividades do dia a dia. Na hora que faz a leitura, ainda determina se a glicemia tende a aumentar, mostrando qual a taxa normal naquele momento. Isso que é o mais importante: a comodidade e qualidade de vida que o paciente vai ter”, explica Osnei Okumoto.

Entregas em sequência

Em um primeiro momento, os aparelhos serão entregues tanto no Cedoh quanto no ambulatório localizado no Hospital Regional de Taguatinga (HRT). A expectativa é de que, com o tempo, outros ambulatórios do DF para tratar diabéticos também possam entregar os aparelhos com a tecnologia.

“Qualquer paciente com diabetes tipo 1 atendido por ambulatórios das redes pública e privada, que esteja dentro dos critérios de uso, poderá ter acesso aos sensores”, informa Eliziane Leite.

Primeiro passo

O acesso inicial da população será pela Atenção Secundária. Nas unidades, o médico endocrinologista responsável pelo paciente identifica a necessidade e se o caso está dentro dos critérios de inclusão para uso desses aparelhos.

Em caso positivo, o profissional de saúde responde ao questionário eletrônico e preenche um relatório. Em seguida o paciente encaminha esses documentos para análise, por e-mail, e aguarda até que ele seja selecionado.

Quando for chamado, o paciente deverá participar de reuniões educativas sobre a funcionalidade do aparelho. Nesta etapa do processo, deve assinar um termo de compromisso para só então buscar os sensores no Cedoh e no HRT, aparelhos que deverão ser trocados a cada 14 dias.

*Com informações da Secretaria da Saúde do Distrito Federal

NOSSAS OPÇÕES DE BUFFET DA TARDE 11/12 SERÃO:
😋😋😋
•Panetone premium frutas cristalizadas🍒
•Chocotone premium🍫
•Mini Chocotone🍬
•Rabanada tradicional🥟
•Rabanada gourmet (Chocolate)🍫
•Variedades de roscas(Húngara, coco, creme)🍩
•SOBREMESAS🤤
•Mousse de Maracujá🧈
•Tortalete de Limão🍋
•Tortalete de Morango
•Mini Pudim🍮
•Pavê de Sonho de Valsa🍬
•Salada de frutas🍓🥭🍇
BOLOS DE CORTE
•Bolo nega maluca🍫
•Bolo de Limão🍋
•Bolo Prestígio🍫
•Caldo de Frango🐔/Caldo Verde🍀
•Arroz Carreteiro🍚
•Galinhada🥘🐔
•Molho de Salsicha
•Canjica
•Panqueca de carne
•Panqueca de frango
Promoção de pizza do dia R$24,99
•Banana🍌🍕
Acesse o link e faça seu pedidohttps://linktr.ee/ganashpaes
https://www.goomer.app/ganash-paes
(61)…
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Plano de Arborização é lançado no Guará pelo governador Ibaneis Rocha

Lançado na manhã deste sábado (24) pelo governador Ibaneis Rocha, plano ambiental teve início pelas quadras QEs 48 a 52 do Guará II O Governo...

Veículo roubado no Guará I foi recuperado pela PMDF na Estrutural

Os bandidos não tiveram tempo de desfrutar do produto do roubo que realizaram no Guará, na última sexta-feira, 23/02. A operação conjunta entre...

Novo pavilhão de salas de aula no Guará em fase de conclusão das obras

Fui ver, de perto, as novas instalações que estão sendo construídas dentro da Escola Classe 08, localizada na entrequadra 28/30, com início das aulas...

Programa Fábrica Social tem inscrições abertas até 13 de março

Podem participar jovens a partir de 16 anos que comprovem algumas condições, como renda familiar per capita de até R$ 200 Por meio da Secretaria...

Fluminense: derrota merecida

Por Raimundo Ribeiro O Fluminense subiu o morro para enfrentar a LDU, no primeiro jogo valendo o título da recopa sul americana.Ainda se adaptando a...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido