22.5 C
Brasília

Pai é preso na porta da escola do filho por espancar mãe do menor

Data:

Compartilhe:

Um bilhete entregue na hora certa e recebido nas mãos de quem tem sensibilidade para salvar uma vida foi a ideia de uma mãe que não sabia mais como pedir ajuda para a vida de espancamentos e sofrimento a qual ela e seu filho passavam em Maceió, capital de Alagoas.

Na última segunda-feira (08), uma mulher, de 28 anos, pediu ajuda relatando agressões físicas cometidas pelo seu companheiro em um bilhete entregue no meio de documentos do filho do casal durante a matrícula escolar do menino, realizada na escola estadual Laura Dantas, no bairro do Farol, em Maceió.

A direção da escola acionou a Polícia Militar, que prendeu o acusado em flagrante por violência doméstica.

Mesmo sendo ameaçada para denunciar ela teve a coragem de escrever pedindo ajuda

O bilhete de socorro trazia a seguinte mensagem: “Por favor, me ajude. Estou sendo espancada. Não posso falar. Estou com hematomas na perna e meu filho foi seriamente sofrido (sic) por psicológico. Ele me bateu com o facão. Me ajude, ele não me deixa falar, me ameaça toda hora. Não consigo mais ficar calada, eu me cansei. Não me ignore”.

Segundo o UOL Universa, a vítima entrou na escola junto com o filho, e o homem ficou na porta. Ela entregou o bilhete junto com a documentação à servidora do estado, que saiu e foi até a direção. Imediatamente, a direção da escola acionou a equipe de Policiais Militares do Batalhão de Polícia Escolar, que estava no Centro Educacional de Pesquisa Aplicada. O agressor foi preso ainda na calçada do colégio e não esboçou reação.

A mulher relatou que nos últimos dias tinha sido espancada pelo esposo, inclusive com uso de um facão, e que tudo aconteceu na presença do filho do casal, que segundo ela, está traumatizado. Ela também contou que sofria agressões físicas e era ameaçada constantemente para não procurar a polícia.

No DF, atendentes de farmácias já estão preparados caso veja este sinal de socorro nas mãos
publicidade
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Metrô-DF suspende operação em Ceilândia para troca de trilhos no próximo domingo (21)

A substituição é necessária devido ao desgaste natural que ocorre com o tempo, em virtude do contato entre as rodas do trem e o...

Taguatinga será palco da final do XXIV Circuito de Quadrilhas Juninas do Distrito Federal e Entorno

Última etapa define representante do DF no Concurso Nacional de Quadrilhas no Estádio Serejão A cidade de Taguatinga se prepara para receber a 4ª e...

PMDF prende homem com várias passagens com moto adulterada no Guará II

Um homem, com diversas passagens, foi preso conduzindo uma motocicleta com sinais de identificação adulterados após abordagem no conjunto M da QE 40 no...

Férias escolares: Zoo Brasília orienta público sobre ações de prevenção de carrapatos

A Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB) possui uma grande área verde de visitação e faz divisa com área de preservação ambiental, como o Santuário...

CCBB traz para Brasília a Mostra Carroça de Mamulengos: três gerações de Arte Brincante

De 18 de julho a 04 de agosto, com apresentação de espetáculos históricos do repertório e atividades formativas O CCBB Brasília traz ao público a...

1 COMENTÁRIO

  1. É triste e, infelizmente uma realidade.
    Aqui no DF temos o Instituto Umanizzare que acolhe e orienta as vítimas de violência doméstica.
    Lá tem orientação jurídica, psicológia e várias atividades p/ essas vítimas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido