20.5 C
Brasília

Lideranças da Estrutural reunidas para dar boas vindas à Jane Klébia

Data:

Compartilhe:

Organizado pela Administração da Estrutural, o café da manhã oferecido à delegada Jane klébia na manhã de quinta-feira, nova titular da 8ª DP, foi um momento de muito diálogo e de reflexão sobre o papel das forças de segurança dentro da cidade. A anfitriã, administradora regional Vânia Gurgel, conclamou a todas as lideranças para se unirem em prol de uma cidade com mais tranquilidade, paz e segurança.

“Ainda bem que a doutora chegou”, foi uma frase que me emocionou dita por uma moradora da Santa Luzia, local de alta criminalidade e vulnerabilidade social dentro da Estrutural. Onde nota-se a grande esperança por parte dos moradores com a nomeação da delegada Jane Klébia para a nova delegacia da cidade. A policial civil fez um grande trabalho de segurança na região do Paranoá e São Sebastião, e de lá saiu ovacionada pela comunidade que fez até passeata pedindo sua recondução ao cargo.

Jane klébia: A Polícia é para proteger o cidadão, aquela visão de que polícia agride ficou no passado. Estamos aqui para aplicar a lei e proteger

Mas para alegria da Estrutural, a delegada-xerife, está à frente da 8ª DP e promete um trabalho diferenciado. Entre suas providências está a solicitação de um local para implantar um instituto de identificação na Estrutural, que faria com que os crimes tenham soluções mais rápidas e ágeis. No caso Lázaro Barbosa a ação dos policiais civis na identificação do criminoso foi crucial.

Durante sua fala de agradecimentos pela acolhida de grande parte das lideranças presentes, a delegada Jane falou do momento atual da Estrutural. “Temos problemas gravíssimos de segurança. Precisamos da colaboração de todos para que possamos tirar das ruas pessoas que oprimem os moradores de bem. Vocês precisam ter segurança de ir e vir. Vou retribuir toda esta acolhida com muito trabalho bem feito.

Vânia Gurgel e Jane Klébia, unidas, pela segurança da Estrutural ao lado das lideranças

Além das autoridades presentes, usaram da palavra várias lideranças comunitárias representantes de conselhos de segurança, saúde e tutelar. Outro ponto que me chamou a atenção é que 80% dos adolescentes que querem se candidatar ao programa Jovem Candango, não possuem identidade. Vânia Gurgel já solicitou à Polícia Civil que irá fazer um mutirão no próximo sábado,11/07, para atender com identificação civil os candidatos ao programa que pode revolucionar a vida destes jovens em vulnerabilidade social.

publicidade
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Mamulengo Fuzuê inicia projeto de Teatro Popular de Bonecos em Ceilândia, Sol Nascente/ Pôr do Sol

O projeto VIVA O MAMULENGO! se estende durante todo o ano de 2024. Serão realizadas ações para fortalecer a salvaguarda da tradição, a formação...

Capital receberá o primeiro Festival da Cachaça de Brasília

Evento será realizado de 22 a 26 de maio, no completo do Mané Mercado. Além da degustação de bebidas, festival reunirá grandes nomes da...

Festa Origem traz o melhor eletronic music para a Capital

A festa Origem está chegando! No dia 29 de junho, um dos maiores eventos de eletronic music da capital ocupará as montanhas do Paraíso Achado. Se prepare...

UNICEPLAC lança curso de Ciência de Dados e Marketing Digital

Com duração de 2 anos, graduação está entre as profissões do futuro que devem dominar o mercado já em 2024, segundo estudo do Fórum...

Investimento de R$ 18 milhões leva infraestrutura ao Guará Park

Pavimentação, drenagem urbana, meios-fios e calçadas são alguns dos serviços que serão feitos no local. Obras beneficiam mais de 40 mil pessoas Mais de 40...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido