20.5 C
Brasília

Turma da Mônica terá revista voltada a combater preconceito contra pessoas idosas

Data:

Compartilhe:

Parceria entre o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania e o Instituto Mauricio de Sousa, firmada no mês de fevereiro, irá estimular respeito a pessoas idosas; temática da intergeracionalidade será tratada de forma inédita pela revista infantil

O Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) e o Instituto Mauricio de Sousa acabam de firmar uma parceria que irá viabilizar a produção de uma revista com personagens da Turma da Mônica com o intuito de sensibilizar crianças e adolescentes sobre envelhecimento, inclusão e solidariedade.

O objetivo da cooperação é aproximar duas diferentes gerações na luta contra o preconceito: os jovens de 6 a 15 anos, que têm o Estatuto da Criança e do Adolescente como norte para a garantia de direitos; e as pessoas com 60 anos ou mais, que contam com o Estatuto da Pessoa Idosa para a preservação de suas dignidades.

Personagens que há mais de 60 anos fazem parte do imaginário brasileiro, a Mônica e sua turma serão o meio para esse diálogo. Depois de abordar outros temas de direitos humanos como o próprio ECA e as questões ligadas à juventude, pela primeira vez a intergeracionalidade será tratada diretamente pelo Instituto.

Voltada ao público do Ensino Fundamental, a publicação, com previsão de lançamento ainda no primeiro semestre deste ano, procurará disseminar conhecimento sobre o processo de envelhecimento e estimular uma cultura de respeito, fortalecimento de vínculos familiares, solidariedade e valorização intergeracional.

Produção

A criação da revista será feita a partir de trocas de informações entre o criador e desenhista Mauricio de Sousa e a Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), do MDHC. O Estatuto da Pessoa Idosa estabelece a inserção de conteúdos voltados ao processo do envelhecimento, ao respeito e à valorização do idoso nos currículos dos diversos níveis de ensino formal, a fim de eliminar o preconceito e produzir conteúdo sobre a matéria.

Para o secretário nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, Alexandre da Silva, a iniciativa vai ampliar as ações do MDHC para o público formado por crianças, professores, pais e responsáveis, a partir de um material lúdico. “É importante destacar que no momento desse acordo a gente tem uma personagem que é retratada como criança na maior parte das edições, mas que já é uma pessoa idosa, que já foi retratada como adolescente e que, possivelmente, será retratada na perspectiva da pessoa mais velha ou trazendo reflexões da velhice”, enfatizou o gestor.

Encontro de gerações

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica e presidente do Instituto que leva seu nome, comenta sobre a importância de promover o respeito às pessoas de todas as idades. Ele ressalta a importância da parceria para tratar o tema da intergeracionalidade. “Por meio das histórias em quadrinhos, com uma linguagem de fácil compreensão, é possível disseminar mensagens positivas sobre a convivência entre as gerações”.

Além disso, Mauricio, que já vem manifestando a vontade de abordar com mais ênfase o tema da pessoa idosa, destacou o fato de que os personagens da Turma da Mônica, que foram criados a partir de 1959, atualmente conversam com cinco gerações. De acordo com estudos, a atual geração será a que mais irá conviver com gerações diferentes e passar mais tempo com os avós.

“Os pais, mães, tios e tias, avôs e avós têm feito cada vez mais parte das histórias da Turma da Mônica. É importante mostrar às crianças e aos jovens que as pessoas idosas precisam ter seus direitos respeitados e que todos ganham com essa convivência mais próxima”, afirmou o criador.

Sobre o Instituto Mauricio de Sousa

Fundado em 1997, o Instituto Mauricio de Sousa tem em seu DNA os valores éticos que permeiam a vida e a obra de Mauricio de Sousa, o respeito à infância e o compromisso de incentivar a leitura, ultrapassando gerações.

Além disso, para o instituto, investir na criança é semear um futuro promissor, por isso desenvolveu, por meio de uma linguagem lúdica, projetos, campanhas e ações sociais nas áreas de educação, cultura, cidadania, inclusão social e diversidade.

publicidade
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Caesb abre processo seletivo para estágio remunerado

Estudantes de nível médio, técnico e superior poderão se inscrever entre os dias 28 de maio e 12 de junho A Companhia de Saneamento Ambiental...

Mamulengo Fuzuê inicia projeto de Teatro Popular de Bonecos em Ceilândia, Sol Nascente/ Pôr do Sol

O projeto VIVA O MAMULENGO! se estende durante todo o ano de 2024. Serão realizadas ações para fortalecer a salvaguarda da tradição, a formação...

Capital receberá o primeiro Festival da Cachaça de Brasília

Evento será realizado de 22 a 26 de maio, no completo do Mané Mercado. Além da degustação de bebidas, festival reunirá grandes nomes da...

Festa Origem traz o melhor eletronic music para a Capital

A festa Origem está chegando! No dia 29 de junho, um dos maiores eventos de eletronic music da capital ocupará as montanhas do Paraíso Achado. Se prepare...

UNICEPLAC lança curso de Ciência de Dados e Marketing Digital

Com duração de 2 anos, graduação está entre as profissões do futuro que devem dominar o mercado já em 2024, segundo estudo do Fórum...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido