26.5 C
Brasília

Maria da Guia fez do magistério uma missão de vida

Data:

Compartilhe:

No Guará, temos várias professoras e professores da Rede Pública de Ensino que transformaram suas vidas e a de seus alunos no ensinar e no aprender constantemente. Temos algumas mais que especiais, que se destacam por ,além do magistério seguir carreira na política, como a professora e ex-administradora do Guará falecida, Márcia Fernandez, Teresa Maltese, que hoje dá nome à nossa escola técnica, numa homenagem pós-mortem e outras que continuam entre nós e que carregam uma bagagem símbolo da educação como a professora Sonia Dourado, que fundou a Casa da Cultura do Guará, a professora Sandra Eliana, responsável há mais de duas décadas pelo desfile cívico-militar no aniversário de nossa cidade, a Leodenice, pioneira na escola da Estrutural, a Nyedja Gennari, nossa professora multimídia e centenas de outras e outros que se sintam homenageadas nesta singela reportagem. Para não ser muito feminista, não poderia deixar de citar o professor Rodrigo de Paula, do Sinproep-DF, Afrânio Barros, ex-coordenador da CRE Guará, Kleber VilaNova, diretor do Polivalente de Brasília e Bernardo Verano. Aprendi e gosto de escrever porque tive excelentes professores.

Uma nova geração de professoras e professores que se revezam em várias performances para atrair os alunos

Como ontem, 15 de outubro, rendemos várias homenagens ao Dia do Professor, comecei a pensar por onde andava a professora e ex distrital Maria da Guia Lima Cruz. O Blog da Zuleika foi atrás e trouxe para vocês um pouco da história de vida desta pioneira.

Maria da Guia tem uma experiência profissional rica e motivadora a quem deseja seguir carreira na Educação

Por onde anda Maria da Guia?

Maria da Guia continua no ParkSul do Guará, e nos conta um pouco da sua experiência incentivadora.

Quantos anos lecionou

Após 51 anos como educadora diante da Escola da Vida, consegui atravessar avaliações e provações, com as quais aprendi que a contemplação do belo que existe no outro, nos faz enxergar com a alma! Da roça do Maranhão até aqui, fui professora municipal, Diretora de Escola, Diretora Regional, Secretária de Educação Municipal e membro do Conselho de Educação do DF.
Nós conte uma emoção no magistério?

A indicação para realizar o sonho da Educação Integral. Coube a mim a gratificante tarefa de implantação dos 14 CAIC’s, em 10 cidades satélites do Df. O que me possibilitou a indicação do MEC para um Intercâmbio Cultural de 40 dias na França. Foi um tempo lindo e de rico aprendizado!!!

E uma decepção?

Ver o desmanche político da Educação Integral em funcionamento. Foi uma exclusão da criança pobre na busca da igualdade de oportunidades!

Como educadora, mãe de 3 professoras, como você viu o papel dos professores na Pandemia?
Apesar do sofrimento na busca de soluções viáveis, foram os profissionais que mais se destacaram neste apagão mundial, se jogaram com sabedoria no ser e no fazer. Demonstraram ao mundo e a família,
quanto são importantes na construção de um novo tempo!

Com suas filhas, três delas professoras, que viram no exemplo da mãe uma carreira a seguir

Politicamente, pensa em voltar à Câmara Legislativa?
NÃO voltarei. Ali tive apenas mais um rico aprendizado como cidadã.
Como viúva- mãe de 5 filhas que são um pedaço real do meu coração, fiz opção pela minha família e pela educação como partilha de AMOR eterno!

O que faz a professora Maria da Guia hoje?
Ela responde entusiasmada:
Continuo realizando atividades sociais culturais e religiosas, e como membro atuante:
Da Academia Internacional de Cultura;
da Academia Taguatinga de Letras;
da Academia Inclusiva de autores/DF;
do Conselho Nacional da CNEC;
do Conselho da Rádio Maria Brasil;
Consultora da Agência Ler mais Brasil;
e Vice-presidente “da Confraria de Cidadãos Honorários de Brasília!”

O fazer na educação, é fonte de inspiração e nos ensina que a essência do AMOR, é AMAR mais!

publicidade
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Alunos da Arena Guará vencem em Natal e precisam da nossa ajuda para disputa na Argentina

A Equipe de Kung Fu Grupo Tigre do grão mestre Valdir Bezerra, juntamente com a seleção do Distrito Federal (FAME-DF), que treinam na Arena...

Dança com ginástica já cativou os frequentadores do Esporte da Melhor Idade no Polo de Moda do Guará

No local, de tudo tem um pouco para que a Terceira Idade viva a melhor fase de suas vidas. Várias frequentadoras do projeto, procuraram...

Iniciada a duplicação da via de ligação entre Guará e Núcleo Bandeirante

Projeto, que tem investimento de R$ 10,1 milhões e conta com ciclovias e passagens para pedestres, irá desafogar o trânsito e garantir maior trafegabilidade...

Caesb abre processo seletivo para estágio remunerado

Estudantes de nível médio, técnico e superior poderão se inscrever entre os dias 28 de maio e 12 de junho A Companhia de Saneamento Ambiental...

Mamulengo Fuzuê inicia projeto de Teatro Popular de Bonecos em Ceilândia, Sol Nascente/ Pôr do Sol

O projeto VIVA O MAMULENGO! se estende durante todo o ano de 2024. Serão realizadas ações para fortalecer a salvaguarda da tradição, a formação...

1 COMENTÁRIO

  1. Maria da Guia, um exemplo de vida a ser seguido. Dona de uma inarredável e eterna disposição ao trabalho, mostra à mulher brasileira que em se plantando, tudo dá !
    Acreditou sempre no poder transformador da EDUCAÇÃO, sem medo das dificuldades encontradas. E foram muitos os obstáculos. Superou a todos. Carregou em si – SEMPRE- a certeza de que diante de uma dificuldade, cada vez que se cede, menos se é. E é preciso SER. Ser na história. Ser na busca permanente.

    Obrigada Mana Mãe querida, pela sua existência. 🌱

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido