21.5 C
Brasília

Regularização dos terrenos de Mestre D’Armas, em Planaltina-DF, é mantida

Data:

Compartilhe:

O TJDF aceitou, na sexta-feira(19/3), os argumentos do GDF e o convênio assinado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF), entre proprietários e moradores continua valendo. O Decreto 40.866 promove a efetiva titulação dos imóveis e a regularização fundiária do Setor Habitacional Mestre D’Armas, em Planaltina-DF.

Os interessados devem procurar o posto de atendimento do Regulariza Mestre D’Armas para saber a situação do seu terreno e obter sua escritura. A regulariza é legal. Como o escritório estava fechado devido a pandemia e abrirá nesta segunda-feira, (29/03), o interessado pode acessar o site www.regularizamestredarmas.com.br ou ligar para 99629-7250 para obter informações sobre sua situação.

Dia 08/03, decisão do Juiz da Vara de Meio Ambiente concedeu liminar para um grupo de moradores do Setor Habitacional Mestre D’Armas que não concorda com o que dispõe o Decreto 40.866.

Os moradores já estão cansados da atuação de grileiros, candidatos à política que aparecem com soluções miraculosas, que não chegam a lugar nenhum. Muitos têm medo que os valores das unidades sejam aumentados por causa dessa briga judicial, impossibilitando-os de pagar pelos seus terrenos. “Sei que a área é particular. Os donos não vão doar esses terrenos. Sempre soube que teria que pagar, porque paguei para quem não era dono. Alguns não querem pagar.”, afirma o aposentado José Sousa Mendes.

Já o aposentado Gênesis Ladeira teve uma surpresa ao comparecer ao escritório do Regulariza Mestre D’Armas. Ao apresentar os recibos, constataram que seu terreno estava quitado. “Comprei o meu terreno há 28 anos. Aqui todo dia aparecia um vendendo lote e dizendo-se dono. Fiquei com medo de ter que pagar de novo, mas comprei do dono da terra. Agora tenho a escritura do meu imóvel”, comemora.

“Se tratam de áreas particulares. Há anos buscamos a regularização, adequando todo o projeto às normas legais de parcelamento de solo vigentes. Vimos ao longo desse tempo pessoas mal intencionadas, invadindo e revendendo essas propriedades como se suas fossem. Vimos também políticos se aproveitando dos mais humildes prometendo escrituras, promovendo desinformação e irregularidades em busca de capital político. Brasília, a capital do país, não pode mais admitir desmandos e irregularidades! Vale também salientar que, aqueles que no passado compraram e quitaram seus lotes estão sendo atendidos e após análise de sua documentação estão sendo reconhecidos e recebendo suas escrituras. A grande verdade é que a população quer suas escrituras, quer a legalidade, mesmo porque com essas escrituras seus imóveis valorizariam até seis vezes mais. E ainda viabilizaria mais investimentos do estado convertidos em infraestrutura, postos de saúde, escolas, segurança pública entre outros”, ressalta Carlos Henrique Júnior, representante de proprietário.

Entenda o Convênio

O papel da Codhab é de agente fiscalizador, na regularização de espaços particulares reconhecidos como Áreas de Regularização de Interesse Social (Aris), definidas pelo Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot) – caso deste trecho denominado Aris Mestre D’Armas.  A Codhab auxiliou a negociação entre proprietários e moradores, possibilitando a adequação social do valor das unidades, fez a vistoria dos documentos, evitando qualquer tipo de abuso contra os moradores.

Ainda neste acordo, serão compensadas as obras de infraestrutura que foram implantadas por governos anteriores na gleba, possibilitando a composição com os proprietários e a desoneração dos atuais ocupantes pelo ressarcimento dessas obras.

*Texto de Francisca Rocha

zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Plano de Arborização é lançado no Guará pelo governador Ibaneis Rocha

Lançado na manhã deste sábado (24) pelo governador Ibaneis Rocha, plano ambiental teve início pelas quadras QEs 48 a 52 do Guará II O Governo...

Veículo roubado no Guará I foi recuperado pela PMDF na Estrutural

Os bandidos não tiveram tempo de desfrutar do produto do roubo que realizaram no Guará, na última sexta-feira, 23/02. A operação conjunta entre...

Novo pavilhão de salas de aula no Guará em fase de conclusão das obras

Fui ver, de perto, as novas instalações que estão sendo construídas dentro da Escola Classe 08, localizada na entrequadra 28/30, com início das aulas...

Programa Fábrica Social tem inscrições abertas até 13 de março

Podem participar jovens a partir de 16 anos que comprovem algumas condições, como renda familiar per capita de até R$ 200 Por meio da Secretaria...

Fluminense: derrota merecida

Por Raimundo Ribeiro O Fluminense subiu o morro para enfrentar a LDU, no primeiro jogo valendo o título da recopa sul americana.Ainda se adaptando a...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido