22.5 C
Brasília

Igreja Adventista promove o Quebrando o Silêncio, Diga não à violência

Data:

Compartilhe:

Ativo desde 2002, a Igreja Adventista do Sétimo Dia mantém um projeto de ajudar vítimas de violência doméstica e abuso sexual. A iniciativa, intitulada Quebrando o Silêncio, é promovida anualmente em oito países da América do Sul, inclusive o Brasil.

O Quebrando o Silêncio também incentiva a realização de fóruns, feiras educativas, eventos e programações de combate à violência durante todo o ano, mas é no quarto sábado de agosto que acontece uma das suas principais ações.

Apesar de a cada ano esta campanha ter uma ênfase diferente, a essência consiste em conscientizar as pessoas sobre o respeito às mulheres, às crianças e aos idosos.

Jovens foram às ruas para alertar às mulheres sobre a importância da denúncia

As mais de 300 congregações Adventistas do DF e Entorno já estão sendo incentivadas a participarem do projeto, que em 2021 acontece no dia 28 de agosto.

Anny Gill lidera as mulheres Adventista de todo o Planalto Central e salienta que diversas ações têm sido programadas, como passeatas, fóruns, escola de pais, eventos de educação contra a violência, entre outros. “Hoje mais do que nunca precisamos dar continuidade aos nossos esforços para apoiar as pessoas que sofrem com violência e abuso. Estamos escolhendo muito bem as nossas ações e planejando com carinho para que sejam realmente muito eficazes”, frisa Anny.

A campanha também utiliza revistas, materiais impressos, passeatas, palestras, carros de som e redes sociais para promover a prevenção da violência familiar.

A líder das mulheres adventistas para todo o Centro-Oeste do Brasil, Débora Ogalha, destaca que o principal objetivo do projeto é ajudar as vítimas a falarem sobre o assunto. “Entendemos que quando a vítima fala, se manifesta, protesta, ela inibe o agressor. O fim do silêncio das vítimas pode colocar um ponto final”, destaca a coordenadora do projeto.

A iniciativa também conta com líderes de congregações atuando em ruas e bairros, por meio de palestras com profissionais treinados a falarem sobre o assunto.
“Propiciamos conversas com psicólogos, delegados. Apresentamos testemunhos de pessoas que passaram pela situação, que foram ajudadas pelo projeto”, explica Débora Ogalha.

Em Novo Gama, a Igreja Adventista do bairro Pedregal já está se organizando para as atividades. Todos os anos uma das atividades no local é uma carreata.
A coordenadora da programação, Alvany Fonseca, destaca que os carros serão enfeitados com balões, carros de som irão acompanhar o grupo, além de faixas com dizeres como Quebre o silêncio, Diga não à violência.

“A carreata terá cerca de 10km. Além disso também teremos palestras em escolas, associações, incentivando a denúncia de abusos. Quando identificamos um caso orientamos e encaminhamos as vitimas aos órgãos competentes”, conclui.
Projeto da Igreja Adventista virou lei no DF

No Distrito Federal, a iniciativa ganhou ainda mais visibilidade após sanção do Projeto de Lei (PL) 6727/2020 por parte do governador Ibaneis Rocha (MDB).
O PL, por sua vez, é de autoria do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos).

O parlamentar criou a Semana Quebrando o Silêncio após tomar consciência da iniciativa da Igreja Adventista por meio de uma assessora que congrega na comunidade.

Desde então, a campanha de conscientização no combate à violência contra crianças, mulheres e idosos foi incluída no Calendário Oficial do Distrito Federal, com realização sempre na última semana de agosto.

*Texto @rafabrondani

publicidade
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Alunos da Arena Guará vencem em Natal e precisam da nossa ajuda para disputa na Argentina

A Equipe de Kung Fu Grupo Tigre do grão mestre Valdir Bezerra, juntamente com a seleção do Distrito Federal (FAME-DF), que treinam na Arena...

Dança com ginástica já cativou os frequentadores do Esporte da Melhor Idade no Polo de Moda do Guará

No local, de tudo tem um pouco para que a Terceira Idade viva a melhor fase de suas vidas. Várias frequentadoras do projeto, procuraram...

Iniciada a duplicação da via de ligação entre Guará e Núcleo Bandeirante

Projeto, que tem investimento de R$ 10,1 milhões e conta com ciclovias e passagens para pedestres, irá desafogar o trânsito e garantir maior trafegabilidade...

Caesb abre processo seletivo para estágio remunerado

Estudantes de nível médio, técnico e superior poderão se inscrever entre os dias 28 de maio e 12 de junho A Companhia de Saneamento Ambiental...

Mamulengo Fuzuê inicia projeto de Teatro Popular de Bonecos em Ceilândia, Sol Nascente/ Pôr do Sol

O projeto VIVA O MAMULENGO! se estende durante todo o ano de 2024. Serão realizadas ações para fortalecer a salvaguarda da tradição, a formação...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido