Projeto Social Batukenjé vai estar no estacionamento do Melhor Atacadista no Guará II

0
1982

A força da percussão dos tambores vai agitar a manhã do próximo domingo, dia 26/1, das quadras 38, 42, 44 e 46, a partir das 10 horas, quando o grupo cultural inclusivo Batukenjé vai realizar um “esquenta de carnaval” para os moradores desta região do Guará II. Para o evento virão 35 integrantes, sendo oito crianças da comunidade do Itapoã, onde o projeto está erguendo uma pequena sede para atender,crianças, adolescentes, jovens e idosos.

Menino sonha demais escutando o batuque do tambor.Trocando armas por cidadania, respeito e tambor

Sob a batuta do mestre Celin Du Batuk, que há mais de 20 anos desenvolve projetos sociais nas periferias do Distrito Federal, crianças são resgatadas das ruas e jovens encontram na música um motivo de nova perspectiva de olhar o futuro. No espaço denominado de Instituto Cultural Sueli Vecchi, no Itapoã, distante 36 km do Guará,com aproximadamente 100 mil habitantes onde a pobreza e a violência são visíveis, nasceu há 4 anos uma trincheira de cultura aberta a todos que dela queiram participar.

Batujenjé é pura alegria no Carnaval

Trocando armas por respeito, tambores e cidadania, o Batukenjé precisa de sua ajuda para terminar a construção da sede. Uma pequena cozinha e um banheiro precisam de gesso para serem concluídos. A partir de R$ 20,00 já ajuda. A conta para depósitos é do Banco do Brasil, agencia 3603-x, conta 5430-5, operação 51.

O projeto atende crianças especiais que encontram na música uma maneira de se manifestar e interagir com a comunidade
Mestre Celin Du Batuk faz de sua vida uma trajetória de música com arte inclusiva.Contato para shows 81739986

Serviço:

Grupo de Percussão Batukenjé

Local-Estacionamento do @melhoratacadista do Guará II na QE 42.

Horário: 10 horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui