12.5 C
Brasília

Mulheres atiradoras em busca de proteção pessoal

Data:

Compartilhe:

De caça a caçadora, assim as mulheres do Distrito Federal querem transformar suas histórias diárias de violência doméstica, que na grande maioria acabam em mortes violentas, deixando órfãos, seus filhos tão amados. Elas querem proteção, e como o estado não tem como garantir proteção individual a toda mulher perseguida por companheiros, maridos, namorados ou amantes, optaram por procurar cursos de defesa pessoal, como os de tiro ao alvo.

A atiradora desportiva Michele, incentiva às mulheres a fazerem defesa pessoal e curso de tiro ao alvo

Para provar que não estão para brincadeiras e levam a sério a prática do tiro, a mulherada irá se reunir no próximo dia 28/11/ no 1º Encontro das Atiradoras de Brasília, que será realizado no Clube de Tiro TJ Thirus, a partir das 9 horas. No encontro, que terá a abertura feita pela delegada Jane klébia, ex titular da cidade do Paranoá, que se destacou na intensa batalha contra os abusadores e perseguidores de mulheres daquela região, acontecerá palestra contra o Feminicídio, oficinas de armas de tiro com diversos calibres, palestra de auto estima, maquiadoras da Mary Kay e muitas outras atrações visando dar um renovo na vida das atiradoras, quiça, de elite. O preço da inscrição antecipada é de R$ 140 e as informações podem ser obtidas no telefone/zap:61-982357050, ou no instagram @guns-Black 1.

Para ser uma sniper, a mulher precisa de 5 anos de prática em vários cursos. Segundo a caçadora, atiradora e colecionadora Michele Victor dos Santos, a procura por aulas de tiro mais que dobrou no Distrito Federal. “Temos turmas de 20 mulheres e mais de 100 estão na lista de espera. Acabou esta história de apanhar e ter medo. O curso é completo, a mulher aprende a atirar e a lutar, com técnicas de defesa pessoal, valiosíssimas. #Nãoénão, afirma a instrutora.

No mês de fevereiro de 2021 ela ministrará o curso de Introdução ao Tiro e Operador de Pistola Básico. Para obter o Certificado de Registro, que é um documento obtido junto ao Exército Brasileiro que dá direito a qualquer cidadão em exercer atividades de caça, tiro esportivo e coleção de armas é necessário entrar com documentação junto ao órgão, fazer uma prova, teste de aptidão com psicólogo e teste de tiro. O CR é emitido nas categorias Caçador, Atiradora/ou colecionador e ser filiado a um Clube de tiro, como o de Valparaíso, Goiás.

De pai para filha

Andreza tem paixão por armas de fogo desde criança. Disparou seu primeiro tiro aos 7 anos

Andreza Leles Santana, 39 anos, já tirou seu CR e pratica tiro desportivo há 1 ano. “Meu primeiro tiro com arma de fogo eu disparei quando tinha 7 anos. Meu pai praticava e sempre teve armas de fogo em casa. Uma paixão herdada de pai para filha. Meu pai faleceu e agora, já na maturidade queria realizar efetivamente aquela paixão, e não sabia nem por onde começar a prática por tiro esportivo. Foi aí que conheci a Michele da Guns Black, através da Redes Sociais. Fiz meu primeiro curso somente para mulheres e aquela paixão de criança despertou novamente. De lá para cá não parei mais”, diz entusiasmada a atiradora.

Para quem se interessou, a hora é agora. Afinal, você nunca sabe quando vai precisar se defender de uma agressão.

publicidade
zuleika

Quem é Zuleika Lopes

1

━ Relacionadas

Detran-DF realizará leilão de veículos nos dias 29, 30 e 31

Serão 873 veículos, sendo 388 destinados à circulação e 485 classificados como sucata O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) promoverá nos dias 29,...

Experiência HackaCity Guará 2024 com atividades para impulsionar o futuro da tecnologia na Escola Técnica

Prepare-se para uma experiência única e transformadora nos dias 20 e 21 de julho, a partir das 9h, no Guará. O evento HackaCity promete...

Pré-venda: Tíquetes do McDia Feliz de 2024 estão disponíveis

Chega mais uma edição do McDia Feliz com novidades de souvenirs de pelúcia abraçadinhos  Mais um ano da Campanha McDia Feliz, esta é a 36º...

Metrô-DF suspende operação em Ceilândia para troca de trilhos no próximo domingo (21)

A substituição é necessária devido ao desgaste natural que ocorre com o tempo, em virtude do contato entre as rodas do trem e o...

Taguatinga será palco da final do XXIV Circuito de Quadrilhas Juninas do Distrito Federal e Entorno

Última etapa define representante do DF no Concurso Nacional de Quadrilhas no Estádio Serejão A cidade de Taguatinga se prepara para receber a 4ª e...

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

error: Conteúdo protegido