Roubos de carros: tormento constante para motoristas

0
3916

Uma família começa o ano de 2019 com três carros.Termina o ano com dois e inicia 2020 com apenas um veículo, dois foram levados por bandidos: um no Guará e outro em Taguatinga.Questionada, se ouve ou não aumento de roubos a carros, a Secretaria de Segurança Pública afirmou em nota que, no comparativo de 2018/2019 houve redução de 14,2% nos registros de roubos de veículos em todo o Distrito Federal.De janeiro a dezembro de 2019 foram 3.427 ocorrências.Em igual período de 2018, 3.996 casos. Ou seja, as pessoas não estão registrando os roubos.

Para quem teve seu veículo levado os números não refletem a realidade que tanto atormenta o brasiliense.A sensação é que não existe lugar seguro para estacionar o carro nas regiões administrativas.No Guará II, o Polo de Moda é um local totalmente inseguro, levam os carros em plena luz do dia, ao entardecer. Na quadra 40, também, quem deixa seu veículo na rua pode amanhecer sem.Como foi o caso da acupunturista Crix Felix, que realizava um trabalho terapêutico nas residências e dependia do carro para realizá-lo. Foi recuperado graças a uma intensa rede de amigos que compartilharam nas redes sociais e ao empenho da PM que o buscou em um posto de gasolina em Taguatinga.

Já Matheus Pereira, estacionou o fiat uno atrás da Academia Água Vida no mês de setembro de 2019, em frente à sua residência ao cair da tarde.Foi a conta de subir, olhar na janela e lá ia seu veículo, comprado com tantas dificuldades nas mãos do bandido. Fez a ocorrência e até hoje não foi localizado pela polícia. A placa é JDY 8615, é um uno mille, verde, quatro portas, faltando uma calota.

Já se passaram cinco meses do roubo no Polo de Moda do Guará II

O Uno azul de Cátia Campos foi levado bem no centro de Taguatinga na última segunda-feira, próximo da delegacia e de inúmeros policiais da Polícia Militar que fazem ronda constante na Praça do Relógio. Ou seja, os meliantes realmente não estão nem aí se forem pegos, como foi o caso do ladrão que chegou até a tirar uma soneca enquanto roubava, nesta última semana, tamanha a certeza do êxito do ato praticado. A placa é JGI 8749.

Só resta aos motoristas percorrem os chamados locais de desova, como Estrutural e ADE no Riacho Fundo, em busca de seus veículos e contar com a ajuda das redes sociais, grupos de zap e blogs jornalísticos para recuperarem seus carros.Ao que parece, os meliantes são chegados num Fiat Uno. Os três casos de roubos citados nesta reportagem são desta marca e modelo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui