Saiba como retornar aos estudos com a volta do Bolsa Universitária

0
907

o DF, cerca de 85,1% dos jovens entre 25 a 29 anos não estão estudando

No dia 06 de julho o vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos) enviou um ofício ao secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Gilvan Máximo pedindo a retomada do programa Bolsa Universitária, nessa semana o secretário falou que o edital de credenciamento está em fase final de avaliação.

O documento ressalta que a Secretaria iniciou os trabalhos com o objetivo de viabilizar o programa ainda no ano de 2020. E agora estão na fase de definição de ações prioritárias, verificação de orçamento e logística.

Delmasso quer agilizar a volta do Programa Bolsa Universitária que formou centenas de jovens no DF

A SECTI informou ainda, que o planejamento é para ofertar 15 mil bolsas ao público alvo. Mas levando em consideração os requisitos a serem estabelecidos para recebimento da bolsa.

Em seu pedido, Delmasso ressalta a necessidade da retomada do Programa Bolsa Universitária com oferta de estágio, que atualmente é gerida pela Fundação de Apoio e Pesquisa, e desde 2010 está suspensa. “A educação é a melhor forma de se construir uma sociedade melhor! ”

No Distrito Federal, pesquisa apresentada pela CODEPLAN aponta que 85,1% dos jovens entre 25 a 29 anos não estão estudando e que a taxa de desocupação nesta faixa etária é de 31%.

Zuleika Lopes na formatura de sua filha Cátia Campos Araújo, e seu neto fiel escudeiro David Roberto

Nota da redação: Excelente iniciativa e esperemos que seja concretizada, em breve. Eu mesma, tenho uma filha que se formou em, Administração de Empresas, na Faculdade Projeção, graças ao Bolsa Universitária, que antigamente era implementado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, quando a ex deputada Eliana Pedrosa era titular da pasta. A modalidade tinha sorteio e pontuações na comprovação de situação socioeconômica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui